©

Ela é muito sensível, muito frágil, quase quebradiça. Mas quando se tem Deus, cara, ninguém na Terra vai conseguir te derrubar.

Eu sou muito sozinho, mas ninguém percebe. Acham que por eu estar sorrindo, eu estou bem. Eu posso estar dando risadas, mas precisando de um abraço. Por que não?
Marcello Henrique.  (via manha-de-sol)

valoriza ela, mané

Por cada noite sem dormir, cada dia que passou, por cada vez, cada vez que me senti assim. Pela grana que eu gastei, pelo tempo que perdi, que foi em vão e eu fiquei sem ter pra onde ir. Por cada hora que passou, e as mentiras que contou, por alguém que talvez deixei de conhecer. Pelas cartas que escrevi, a tatuagem que eu fiz pra marcar o que hoje quero esquecer, cada briga sem razão, cada versão, você virou as costas pra quem te queria bem, mas não vou ficar aqui, me lamentando com você, essa é a última que faço essa ligação. Escute bem, porque quando eu desligar você não vai saber, mais nada sobre mim, chegamos ao fim. O último “alô” é na verdade um adeus. Esqueça aqueles planos, eles não são mais seus. Pra você o amanhã nunca existiu, esqueceu tudo o que vivemos ontem. Jogou fora dias, meses e lembranças. Nosso tempo você desperdiçou, não há mais nada a fazer.
Nx Zero (via just—a-broken-angel)
Eu quero te beijar.
Te mimar.
Te abraçar.
Te morder.
Te amar.
Eu quero você.
Amanda Oliveira  (via n-o-v-o-h-e-r-o-i)
Estou te abandonando, nunca pensei que iria dizer isso, mas certas despedidas são necessárias
Seu eterno  (via o-ato-de-ser-invisivel)